domingo, novembro 25, 2007

O que você busca?

Quais são as iniciativas da sua empresa para que os funcionários realmente "vistam" a camisa da organização? O que você, como gerente ou coordenador, faz para que sua equipe dê o melhor de si no dia a dia?

Pois é... Talvez a resposta não seja tão óbvia, né?

Você pode ser motivado pela remuneração diferenciada, talvez busque reconhecimento, ou até mesmo se identifique com a missão da empresa. O fato é que cada pessoa vai responder de uma forma diferente a pergunta no título deste post.

Além de salário e condições de trabalho decentes, que são itens básicos, é fundamental entender o que cada pessoa busca, o que a motiva. Somente desta forma você e sua empresa vão conseguir, de uma forma sustentável, obter o máximo de cada colaborador. Fica registrada a dica e lição de casa. ;-)

Agradeço a visita e comentários de todos!

Um abraço,
Alessandro.

O que você busca? Esse questionamento é feito por Don Moyer, na seção Painel da revista Harvard Business Review (agosto de 2007), inclusive, a figura foi extraída de lá. Como dica para quem não sabe como descobrir o que seus funcionários buscam, ele sugere a leitura do livro "A única coisa que você precisa saber", de Marcus Buckingham. Pretendo compartilhar minhas impressões, após ler o livro.

6 comentários:

Anônimo disse...

Alessandro,
É verdade o seu comentário, cada vez mais o gestores precisam identificar as necessidades motivacionais de cada colaborador e dessa forma fazer uma gestão personalizada (coach) com cada um, sem perder de vista o objetivo maior da organização que é atingir o resultado de forma eficaz. Lembrando que o RH surge como grande mediador desse processo provendo os gerentes com ferramentas e apoiando o desenvolvimento da sensibilidade.
Abs,
Jorge.

Carolzinha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alessandro Almeida disse...

Jorge,

Concordo plenamente com você! Não citei no texto, mas o RH possui papel fundamental no processo motivacional.

Infelizmente, a "gestão personalizada" é algo distante da maioria das organizações, é uma idéia que precisa ser disseminada.

Muito obrigado.

Um abraço,
Alessandro.

ev disse...

Pois é, cada cabeça um mundo.
Cada pessoa tem necessidades diferentes e cabe a empresa identificá-las e atendê-las, desde que de acordo os princípios da empresa.
É um caminho difícil, mas a responsabilidade social empresarial está aí para mostrar que é possível.

Abraços

Anônimo disse...

O comentário acima é meu: Evelyne Leandro.
http://evelyneleandro.wordpress.com

Alessandro Almeida disse...

Olá, Evelyne!

Realmente o caminho para conhecer a motivação dos colaboradores não é fácil, mas é algo fundamental para o sucesso de qualquer corporação (seja ela do segundo ou terceiro setor).

Nessa empreitada, a empresa deve utilizar todas as ferramentas disponíveis e contar fortemente com o apoio do RH (conforme o Jorge já comentou).

Muito obrigado!

Um abraço,
Alessandro.

Related Posts with Thumbnails