domingo, junho 18, 2006

Porque não gosto da Copa do Mundo?

Na realidade até gosto da Copa, é uma festa muito bonita. Depois das Olímpiadas, acho que a Copa do Mundo é a "festa mundial" mais bacana.

Mas o que não gosto e nem concordo é que o Brasil literalmente para por causa dos jogos. Ligo a televisão para ver as notícias e só ouço falar da Copa: É o fulano que está indisposto para o jogo, é beltrano que ficou com tontura. FAÇA-ME O FAVOR!!!!!

O mundo e muito menos o Brasil para por causa dos jogos, as coisas continuam acontecendo. Recomendo a leitura da edição 397 da revista Carta Capital:

O BRASIL SÓ PENSA NISSO
Violência urbana desenfreada, desigualdade social galopante, crescimento econômico insuficiente, eleioção presidencial à vista... Agora, nada disso importa no país da bola

Esse clima todo me lembra muito a letra da música dos Mutantes, Panis et Circencis:

Panis et Circences
Gilberto Gil
Composição: Indisponível


Eu quis cantar, minha canção iluminada de sol
Soltei os panos sobre os mastros no ar
Soltei os tigres e os leões nos quintais
Mas as pessoas na sala de jantar
São ocupadas em nascer e morrer


Mandei fazer de puro aço luminoso punhal
Para matar o meu amor e matei
As 5 horas na Avenida Central
Mas as pessoas na sala de jantar
São ocupadas em nascer e morrer


Mandei plantar, folhas de sonho no jardim de solar
As folhas sabem procurar pelo sol
E as raizes procurar, procurar
Mas as pessoas na sala de jantar
Essas pessoas na sala de jantar
São as pessoas na sala de jantar
Mas as pessoas na sala de jantar
São ocupadas em nascer e morrer


(Para bom entendedor uma letra de música basta... ;-))

É isso aí pessoal! Vamos acompanhar a selação na Alemanha, mas não vale deixar a realidade de lado!

Fiquem a vontade para postar seus comentários (a favor ou contra minha humilde opinião).

Um abraço,
Alessandro.

---------------------------------------------------------------------------

Em tempo: Panis et Circencis, ou Pão e Circo, era a política que o império Romano usava para controlar o povo.

O trecho abaixo foi removido do site http://www.suapesquisa.com/imperioromano/

Pão e Circo
Com o crescimento urbano vieram também os problemas sociais para Roma. A escravidão gerou muito desemprego na zona rural, pois muitos camponeses perderam seus empregos. Esta massa de desempregados migrou para as cidades romanas em busca de empregos e melhores condições de vida. Receoso de que pudesse acontecer alguma revolta de desempregados, o imperador criou a política do Pão e Circo. Esta consistia em oferecer aos romanos alimentação e diversão. Quase todos os dias ocorriam lutas de gladiadores nos estádios (o mais famoso foi o Coliseu de Roma), onde eram distribuídos alimentos. Desta forma, a população carente acabava esquecendo os problemas da vida, diminuindo as chances de revolta.

5 comentários:

Shinji disse...

Eu também penso assim. Estes dias eu vejo como tudo parece estar perfeito para as pessoas por causa dos jogos. Uma coisa também que me chama bastante atenção é que as pessoas ganham em geral muito pouco, e reclamam que os jogadores ganham fortunas para simplesmente jogar... Aí eu pergunto, quem é que financia os jogadores?
O mundo é engraçado né?
É issae Alessandro!!! Sempre vou passar aqui pra tomar umas! ;)
[]'s

Alessandro Almeida disse...

Grande Murilo!!!

Como vão as coisas?

Obrigado por sua visita aqui no buteco! =)

Você tem toda razão cara! Quem é que financia os jogadores? Tem gente que passa o mês sem comer para comprar a camisa oficial da seleção! Assim fica difícil querer reclamar de alguma coisa!

Abração!
Alessandro.

Anônimo disse...

Eu também dou razão a você.Gosto da Copa do Mundo,mas há muito fanatismo em torno disso,o país até para no horário dos jogos;acho
isso um absurdo.Gostaria que o go
verno, a mídia e o povo tivessem
esse interesse todo pelos outros
problemas também como os problemas
sociais,culturais,violência,baixos
salários.O povo deveria se unir não
só na Copa,mas para esses problemas
também.Lembrem-se daqueles que nem
conseguem mais os benefícios da
Previdência,como aposentadoria afastamento por incapacidade física e outros.

Anônimo disse...

Torci contra o Brasil a Copa inteira (e desde antes, nas eliminatórias) e me diverti horrores ouvindo as bobagens Galvanísticas e vendo a bebedeira Vanucciana no YouTube. Dá-lhe Zidane, cabeça da França! Hahhahahha.

Alessandro Almeida disse...

Pois é, pessoal...

Infelizmente o fanatismo existe. Isso também ficou evidente nos Jogos Panamericanos, onde ninguém questionou os gastos absurdos feitos pelo governo para concluir as obras. Considerando as outras prioridades, só podemos dizer que isso é lamentável!

Um abraço,
Alessandro.

Related Posts with Thumbnails